PRESSA

Por vezes já nos deparamos com a alusão da nossa geração ser fastfood em relação aos anseios, desejos e paciência. Assim como a “comida rápida”, por vezes não temos resiliência pra que a cada luta possamos nos reerguer, não por não querermos, mas pelo fato de não estarmos edificados verdadeiramente na palavra de Deus.

Levamos nossa vida como cotidiana, e não compreendemos o “presente” que ela realmente é, dádiva divina, e por não encontrarmos significado em nossos atos deixamos que outrem coloque preço no que foi comprado pelo sangue de Jesus.

Estava voltando pra Sobradinho no sábado pela manhã e me deparei com essa temática: o “tempo corrido”. Ele realmente corre o tempo todo. Nós sempre estamos fazendo escambo por algo, seja o lazer, talvez a saúde, por vezes pela educação, e nessa mensuração quantas vezes estamos trocando esse “tempo corrido” por algo de valor inestimável? Algo que só a oração e busca verdadeira por Deus pode nos proporcionar?

Nessa sociedade líquida, qual tem sido nossa forma? Estamos adentrando um abismo que atrai outro por sua vez? Ou mergulhando na imensidão do amor de Deus?

Estamos querendo nos adaptar ao que melhor consideramos que nos comporta, mas entender o processo do amadurecimento individual, sempre disposto a trocar a túnica velha e esgarçada por uma nova e adequada que possibilite seu crescimento, é imprescindível. Como diz na Palavra, vinho novo em odre velho ele não suporta.

Que possamos ter pressa, não de alcançar o que a traça e a ferrugem corrói, mas de juntar tesouros no céu. Que nossa base seja de fato alicerçada na rocha, pra que quando a dificuldade chegar possamos olhar para o alto e saber de onde vem o nosso socorro, e que as circunstâncias não devem delimitar quem somos, mas apenas evidenciar nossa essência. E nossa essência é e sempre será Jesus.

[Texto escrito por Raissa Ferreira]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.